domingo, 6 de julho de 2014

Rendas de bilros e renascença

Esta semana visitando o site da minga querida amida Antje González (http://mi-pequeno-taller.blogspot.com.br/2013/05/la-parte-oscura-del-mundo-del-encaje-de.html#comment-form)
Verifiquei a preocupação dela com os direitos autorais das desenhistas de padrões para renda de bilros, na Europa, isso me fez pensar a respeito da nossa situação. Aqui no Brasil a situação também  é muito séria. me coloquei na mesma situação deste pequeno grupo de trabalhadoras, pois já encontrei padrões desenhados por mim em álbuns do picasa de outras pessoas. 
Tudo bem que trocamos informações e que tudo que cai na rede perde identidade.  Mas, quero registrar que todos os padrões das minhas apostilas de padrões para principiantes são desenhos meus. 
Apenas na apostila de explicações técnicas inclui alguns padrões explicativos como exemplo técnico, não como padrão para execução da renda, mesmo assim foram retirados de livros Antigos de renda e de domínio público.
Todo o material para renda de bilros que forneço são feitos por mim, tanto apostila técnica , material (almofadas com apoio e bilros) quanto as  apostilas de padrões (picados) para continuidade do trabalho. 



Da mesma forma trabalho com as demais rendas , sempre executando meus próprios desenhos.
Em renda renascença forneço apostila e padrões nas medidas personalizadas, já o lace e a linha forneço o endereço para compra.

Palas em renda renascença sendo desenhada segundo as especificações do manequim.



Acredito que um bom profissional não precisa invadir o espaço alheio se beneficiando financeiramente dos outros. Desejo passar as minhas amigas e companheiras na arte a segurança de adquirir qualquer um dos meus produtos.
Desenho do padrão de um vestido 



Renda turca - técnica - passo a passo

Renda Filet

Nó de encajera

QUÃO GRANDE ÉS TÚ