sexta-feira, 6 de novembro de 2009

cerâmica de ateliê - queima raku metalizado

Minha ideia inicial ao abrir este espaço era falar  somente de rendas,  não há muitos espaços no mercado brasileiro onde desfrutar do tema , mas no decorrer do tempo incluí, sem querer, outros temas como, pintura e cerâmica (outras das minhas paixões).
Hoje , falarei dos meus últimos trabalhos de cerâmica em raku metalizado.
a abertura do forno é sempre eletrizante em td os sentido, o cuidado para não danificar as peças e a curiosidade de como ficaram nos enchem de ansiedade.
nestes trabalhos fiz uma redução que ficou interessante.

Conheço alguns ceramistas que dispensam o resfriamento na água, mas adquiri este hábito.Eis a foto do resfriamento.um prato grande com borda fechada.
Para o dourado usei Vermiculita.

Detalhes ....
Efeito da redução.
Detalhe do interior do prato.
Um prato pequeno.
Detalhe superior feito com carbureto de Sílica granulado grosso.
E detalhes dele....
Outro detalhe.

Um pouco de vermicolita. o fundo do prato...confesso que é a parte k + gostei.....
Outro detalhe do fundo
Um pote ....

O interessante é que cada lado é diferente do outro, neste lado a redução causou um esverdeado interessante.
Outro lado
A borda do pote.
A tampa na mesma escala de cores.
Neste jarro para o meu bonsai reinou o vinho entre um verde tímido.
Eis o destino do pote.

Terminamos por hoje.
Mas se vc quiser conhecer um pouco mais clica   aqui

Um comentário:

thais guerra disse...

jatinha interesse por bilro aumentou quando entrei em seu blog tanto fiz que fui ate florianopolis aprender depois de ter tentado muito consegui ja fiz varios trab obrigada thais taibira@uol.com.br

Renda turca - técnica - passo a passo

Renda Filet

Nó de encajera

QUÃO GRANDE ÉS TÚ